17 maio 2007

Impostos

Cada Português tem de trabalhar 136 dias, só para pagar impostos. Dito com mais verdade factual, cada Português que trabalha, alimenta o Estado, os políticos, os corruptos, os vadios, os bêbados, os drogados, e afins. São efectivamente aqueles que trabalham que sustentam tantos malandros, daí que haja muita gente a cantar hinos à democracia, pois vive literalmente à custa dela, quer dizer, à custa dos que trabalham!
-
Depois de se pagar tantos impostos, é legítimo, por parte de quem trabalha, perguntar ao governante, o que faz com tanto dinheiro; já sabemos que antes de ingressarem na política, muitos só tinham a roupa do corpo...agora são detentores de bons bens imobiliários, recheadas contas bancárias, e outros tantos títulos de privilégio próprios dos extintos nobres.
-
Poder-se-á pensar que esta critica anda perto da lamuria, longe disso, mesmo muito longe, esta critica assenta na mais dura prova de fidelidade; socorrendo-me dos mestres estóicos: a felicidade consegue-se se vivermos de acordo com a natureza. Contudo, a máxima estóica subtraiu, sem se dar conta da evolução, que a natureza de agora é fruto do desgoverno do homem dito moderno, logo, sem mais rodeios, uma coisa é viver de acordo com a natureza, outra, é viver de acordo com a natureza do homem que põe e dispõe. Nem mais nem menos.

Sem comentários: