17 março 2009

Deriva...

Mundo a fingir...

1 comentário:

Anónimo disse...

A imagem desta pobre criança no limite da sobrevivência pela falta d'alimentos, reproduz de modo exemplar a fome e a miséria a que os mundialistas sujeitam a humanidade. Os que não produzem são seres humanos que estão a mais. E porque o estão o seu número terá que ser reduzido à força nem que seja matando à fome as populações mais pobres do planeta. Pobreza e miséria estas que os próprios donos do mundo provocam deliberadamente para apressar o desaparecimento daquelas. Isto não os impede de recorrerem a vários outros métodos paralelos igualmente diabólicos mas classificados de 'naturais', que aniquilam diàriamente muitas centenas de milhar, senão mesmo milhões de outro tipo de "excedentários"... neste caso do primeiro e segundo mundos.
O terrível estado físico desta criança, consequência directa da extrema maldade a que o homem pode chegar, destroça-nos o coração e a alma.
Maria