02 junho 2009

Criação

Faz hoje precisamente quatro anos que o Deus criou. É esse ser, que tempera por vezes, a fúria do Deus. O significado da vida, vai para além da tentativa desesperada de entendê-la. Ela faz-se cada novo dia, cada novo segundo. Se existe prémio para quem sabe vivê-la, também existe para aqueles que no dia a dia não viram as costas aos problemas, não viram as costas às dificuldades, nem se escondem na ladainha do: eu tenho família, não tenho tempo, não vai dar em nada. Ser recto, não vergar, não está ao alcance de muitos; poucos são aqueles, que resignadamente, intrepidamente, olham os inimigos nos olhos, poucos são aqueles que ficam na história, poucos são aqueles que colhem, passados tormentos, a glória após infâmia, difamação, e cobardia. Esses poucos, deixam na prole o orgulho do que foram, do que representaram para o resto da humanidade, esses poucos, são os faróis que permitem que os outros não se percam...

1 comentário:

Manuel disse...

É importante para a defesa e futuro de Portugal dar força ao projecto do PNR. Contamos contigo. Não fiques em casa esperando que a mudança aconteça. Participa nela e castiga aqueles partidos que criaram nos portugueses a sensação de que não vale a pena votar. No próximo dia 7 de Junho, na Eleição para o Parlamento Europeu, os portugueses precisam de dar um sinal claro de que querem mudar o rumo de Portugal.