09 agosto 2010

País em chamas II

Poderia muito bem começar este pequeno artigo com uma fotografia que classificasse o "grande" controlo da ANPC no combate aos incêndios, mas não o vou fazer, apenas e só peço que os meus leitores leiam A Nota de Esclarecimento emitida em 29 de Julho pela ANPC a esclarecer o que não tem esclarecimento...para depois poderem tirar as devidas conclusões.
No entanto, cito um comandante de bombeiros que afirmava em directo para as televisões que já não descansava à mais de 48 horas, o que contradiz a referida nota de esclarecimento. Vou mais longe, e peço uma auditoria exaustiva, que não me importo de a fazer, sobre o número de horas seguidas que cada bombeiro efectivo passa a combater os fogos. O mesmo se aplica à alimentação, isto é, se estes homens são devidamente alimentados como diz o comunicado, que tipo de alimentos, com que regularidade, etc... teríamos muito que escrever sobre o esforço quase inglório destes homens da paz, que em algumas circunstâncias são alimentados pelas populações, que se disponibilizam para o fazer, e que por estas são ajudados no seu combate às chamas, na medida em que os meios humanos e materiais não são os suficientes para um combate eficaz aos fogos.
-
No entender do povo, que deseja manter os seus bens materiais intactos, o fogo não se combate com notas de esclarecimento, mas sim com suor, suor daqueles que honradamente combatem as chamas...

Sem comentários: