05 dezembro 2010

Ficheiros secretos

-
A gestão da informação sensível deixou de estar apenas nas mãos dos serviços de informação. Que até à data protegiam o Estado, entenda-se, aqueles que num dado tempo e lugar, ocupam o poder. Agora, o cidadão esclarecido, preocupado, procura por si entender a trama e a mentira da diplomacia, máscara usada ao longo da história dos Estados para manter e acrescentar poder.
Agora é mais difícil a um governante edificar uma mentira, uma vez que esta pode a qualquer altura ser desconstruída por aqueles que consideram que a razão de Estado deve ser clara, e não se deve confundir com a razão pessoal de quem, num determinado momento assume uma função de relevo na hierarquia do Estado.
-
Dito isto, devemos considerar de extrema importância a informação disponibilizada, na medida em que ela já figura na história da diplomacia internacional...
-
Abram de uma vez por todas os olhos...

Sem comentários: