30 dezembro 2010

Jornais...

Sempre que o nome do senhor primeiro ministro aparece associado à justiça, lá vem entretenimento público. Todavia, depois de tanto alarido, as escutas deveria ser tornadas públicas, não para aferirmos do carácter do senhor primeiro ministro, mas para sabermos o que dizem nas nossas costas, e ainda por cima, em funções elegíveis, e suportadas com o dinheiro dos impostos pagos pelos Portugueses...

Sem comentários: