13 março 2011

Depois do dia D

Contra todas as expectativas, a manifestação pacífica fora um êxito redundante. Os cidadãos, ou se preferirmos, todos à rasca finalmente perceberam o engano colectivo. Perceberam finalmente que a democracia da alternância não serve, que as mentiras democráticas de um futuro melhor são afinal mentiras. Perceberam que as solidariedades entre famílias políticas e de sangue são aquelas que prevalecem sobre os cidadãos.
-
Se o poder político ainda não percebera a mensagem desta manifestação de desagrado, de descontentamento, e de despertar. Pode muito bem dar-se o caso de, em próximas manifestações, o Poder poder vir a cair na rua - e caros amigos - é bem mais fácil do que parece....
-
O que ficou bem patente na manifestação de despertar colectivo, é que os governos devem governar para o cidadão, isto é para o todo, e não para uma agenda secreta contrária aos interesses dos cidadãos.
-
Finalmente, o cidadão português começa a querer e a crer na sua faculdade de agente transformador da História...

Sem comentários: