02 abril 2011

153 mil milhões

A dívida do Estado português ascende a 153 mil milhões de euros, número que até pode estar incorrecto, por não se conhecer toda a trama democrática de apresentação de todas as contas públicas.
-
Pelo que vejo, e pelo que tenho visto e analisado, não é preciso o resgate financeiro do FMI; o que é preciso é acabar com um sistema político que a cada novo dia cria mais dívida, a cada novo dia financia as solidariedades existentes entre famílias políticas e famílias de sangue. Não há volta a dar, ou se acaba de uma vez por todas com este sistema, ou o sistema "acaba" connosco.
-
Enquanto durar a farsa, o banquete será em nosso nome...

Sem comentários: