04 maio 2011

Às armas...

"Para onde vos dirigis, homens embriagados? Bebestes a doutrina da ignorância sem a terdes purificado e já estais quase a vomitá-la por não conseguirdes aguentá-la em vós? Detende-vos e recuperai a sobriedade. Contemplai o alto com os olhos do coração; se não todos, ao menos aqueles que sejam capazes. O mal da ignorância inunda a terra e acaba por corromper a alma aprisionada no corpo, impedindo-a de atracar no porto da salvação."
Hermes Trimegisto
-
Ao que parece, ainda estamos todos adormecidos ou anestesiados, não do néctar de Baco, mas das mentiras contínuas que inundam e corrompem a ética e a moral do país. O diz que diz concorre mais para os fundamentos do Estado moderno do que a verdade; o amigo do chefe e companhia tem mais valor do que o mérito, em suma: as solidariedades entre famílias políticas e famílias de sangue sobrepõem-se à lei, que deveria ser justa...

Sem comentários: