12 agosto 2011

O fim da pátria...

...O Mundo Ocidental é um mundo de hipocrisias, onde os ricos são senhores dos governos... p. 31

3 comentários:

PlanetaTerra disse...

Bom,
-> apesar de muito pessoal estar-se a borrifar para 'isto': querem é curtir... [nota: estão no seu Direito];
-> apesar de muito pessoal ser adepto da competição global... [nota: estão no seu Direito];
-> apesar de os portugueses não serem a nação mais antiga da História;
---> será que os portugueses devem abdicar da existência duma Pátria sua?
RESPOSTA: na minha opinião, NÃO!


---> Quando se fala em SEPARATISMO... não se está a falar em apartheid, mas sim, em separatismo puro e duro: uma Nação, uma Pátria, um Estado.


Nota 1: Como é óbvio, a Nação mais antiga da História - os Judeus - não abdica duma Pátria sua.
Nota 2: Ao contrário dos Judeus que fizeram uma TRANSIÇÃO BRUSCA... eu penso que a transição para o separatismo-50-50 deveria ser uma TRANSIÇÃO GRADUAL (de algumas décadas).



P.S.
- Uma NAÇÃO é uma comunidade de indivíduos de uma mesma matriz racial que partilham laços de sangue, com um património etno-cultural comum.
- Uma PÁTRIA é a realização e autodeterminação de uma Nação num determinado espaço.

Flávio Gonçalves disse...

A Europa e o Ocidente testemunham agora o fim da sua civilização... os bárbaros já estão dentro de muros, e a nossa gente não tem o espírito necessário para lhes resistir.

Tot disse...

Cumprimentos aos dois

Tot