03 outubro 2011

Democracia

O governo do eng Sócrates ficara conhecido como o governo dos sucessivos PEC's, isto é, pelos sucessivos Programas de Estabilidade e Crescimento, embora a estabilidade e crescimento crescessem sempre na razão inversa da apresentação de um novo PEC.
O governo do dr Passos Coelho arrisca-se a ficar conhecido como o governo dos desvios colossais, que parece não saber muito bem como acontecem, tomando apenas conhecimento depois, o que não deixa de ser estranho se pensarmos que as funções decisórias continuam nas mãos dos mesmos, como sempre temos vindo a afirmar.
Dito isto, o governo actual não é diferente do anterior, utiliza a mesma arma, o mesmo meio para atingir o seu fim, que é o fim de outros, a saber: o medo.
Por intermédio desse medo habilmente cultivado, conseguem fazer aprovar sem lamurias e manifestações medidas destinadas a subtrair o bem comum, prometido pelo sistema político, entendido como Democracia.
Esquecendo-se, que fora ele mesmo, o sistema político a criar esta situação financeira de ruptura existente no país...

Sem comentários: