02 outubro 2011

Polícias II

Consideramos que o Estado está definitivamente ferido, e ferido pelos seus, isto é, por aqueles que deveriam zelar pela ordem, segurança, e pela manutenção do Estado de direito...
Haveria muito mais a acrescentar a mais esta triste situação originada dentro da PSP, mas por ora ficaremos por aqui, sem nos alongarmos muito, e conscientes de que as palavras e os actos vão ser necessários para utilizar nos dias que aí virão...

Sem comentários: