29 dezembro 2011

Assembleia da República

É interessante a análise da organização Transparência e Integridade, sobre a ética que veste alguns representantes do cidadão, eleitos para o parlamento.

Citámos: escritório de representações.

Sem comentários: