19 dezembro 2011

Demagogia II

Já não chegava a oratória do entretenimento e o folclore político, agora temos o incentivo institucional verbalizado no, a saber: emigrem se fazem o favor e chateiem o menos que puderem...

3 comentários:

Anónimo disse...

"(...)puderem"

Tot disse...

Obrigado...

Carlos Portugal disse...

Isto serve dois objectivos, Caro Tot:
1º - Desocupar o País, libertando a pressão de possíveis desempregados de classe média, e ao mesmo tempo fornecendo ao Brasil e Angola quadros competentes de que eles tanto carecem;
2º - Desenraizar as pessoas, na sequência globalista das «deslocações» forçadas do Estaline; pessoas desenraízadas não têm amor a uma Pátria que apenas retêm na lembrança, e, num mundo estranho e muitas vezes hostil, fiacm isoladas, manipuladas e deixam de representar perigo para o sistema.

Isto já é velho pelo menos de mais de um século. A este respeito, passo a citar um trecho do livro »Guia da Conspiração Global» de David Icke:

«Com a descoberta dos diamantes e do ouro em África, a operação Rhodes-Oppenheimer-Rothschild necessitava de mineiros a quem se pagasse muito pouco. Com a força de trabalho a abandonar a terra e nada interessada nas minas, necessitavam de os forçar a trabalhar para eles. Uma maneira de o fazer, era introduzir IMPOSTOS para TUDO o que pudessem pensar - a presunção fiscal, o imposto sobre a cabana e até um imposto sobre os cães - e porque viviam sem dinheiro ou auto-suficiência, as pessoas não conseguiam pagar estes impostos. Isto forçou os homens a deixar as famílias e a andarem centenas de quilómetros para trabalharem nas minas em condições terríveis e a assinarem contratos que não podiam ser rescindidos.»

Não é precisamente ISTO que estes canalhas estão a fazer?

Abraço.