09 março 2012

Central de Inteligência

Missão do SISD:
Investigar cientificamente as relações sociais e económicas ocorridas no território nacional com o poder político contemporâneo.
cisisd@gmail.com

4 comentários:

Anónimo disse...

Excelência,

Não que não se saiba, mas quem denuncia denuncia-se a si mesmo, pela proximidade. E isso...

A net está muito controlada. Se calhar um fax a que tivesse accesso preferencial, já não digo o pessoal, e mandava-lhe umas "webs". Eu arranjo-lhe um contacto e envia-me para lá o número, se tiver interesse.

Suponho que isto seja um esforço do deus Tot. Hombre, olhe o sol de frente, mas não seja um Ícaro.

Eu já lhe disse, uma certa shinobi-iri é essencial nestes nossos tempos.

Pax.

Tot disse...

Boa noite K,
agradeço o cuidado com que faz o aviso.

Agradeço também o facto de se preocupar.
O correio físico é seguro? Isto é, um outro meio...

Já conhecia o mito, digamos desde o tempo em que me identifiquei com o deus Tot... porque isto da inteligência não vem de agora, nem nasceu por mero acaso...

É muito interessante o termo Japonês, shinobi-iri, bem como a arte que lhe está subjacente...

Tot

Anónimo disse...

Excelência,

O problema é passar-se dum meio ao outro. Porque é aí que se "apanham" as pessoas. Digamos, agora, devemos ter todos os IPs marcados. Nada que me aborreça, tenho um portátil, se quiser desfaço-me dele sem perder nada de interessante. Mas se lhe mando documentos por ele, aí já é mais complexo.

Por outro lado, só o conheço por aqui. Se não houvesse ligação, mandar-lhe correio físico seria seguríssimo (quer dizer, não conheço os olhos que há sobre si, mas em princípio...).

Está complexo. Vou-me aconselhar com amigos.

Pax.

PS: "a arte dos passos mais leves que o vento".

Tot disse...

Boa noite K,

em relação aos IP's, não me preocupo, na medida em que a informação dita "protegida" não pode circular pela internet.

Em relação ao correio físico, não me posso prenunciar por razões profissionais, contudo, conheço formas seguras de o receber, embora não as possa aqui identificar.

Caro K, como não tenho ainda tempo para "criar" um novo sistema de encriptação, consegui identificar uma forma segura de transmitir dados... Contudo, a chave, só pode ser fornecida pessoalmente.

Cumprimentos

Tot