03 abril 2012

Desemprego...

A taxa de desemprego situa-se nos 15%, embora consideramos que o valor esteja sob avaliado, e a seu tempo, iremos prová-lo de forma académica, para que não fiquem dúvidas da mentira que rodeia a taxa de desemprego no Portugal contemporâneo.

A desindustrialização, a concertação social, o novo código de trabalho, o capital sem rosto, as dívidas contraídas em nosso nome, entenda-se: do cidadão, concordam para este valor da taxa, que nos jovens representa cerca de 35%. Jovens que já pouco acreditam no futuro, jovens que o governo assalariado aconselha a emigrar, jovens que teimam em deixar de viver à sombra dos pais, jovens que já desistiram de lutar pelo que é seu, enfim, jovens derrotados, cabisbaixos, tristes, sem perspectiva de futuro, mas que, vá se lá saber porque, continuam "alegremente" a viver em festas, a sair em viagens de fim de curso, a embebedar-se como se o dia de amanhã não existisse, como se o dia de amanhã fosse por mera ironia um dia de sol resplandecente, onde a riqueza do país tocasse a todos por igual...

Para onde caminhais jovens? Que sonhos tendes? Que vos faz mover a existência? 

A brevidade da vida não se compadece com nadas, com derrotas, com ninharias, ou com desculpas, mas com coragem, determinação e vontade!

Sem comentários: