28 julho 2012

Inconstitucionalidade do OE de 2012

Já tínhamos escrito neste blogue que os cortes nos subsídios de férias e de natal para os funcionários do Estado, das empresas públicas e pensionistas eram de facto inconstitucionais. 

Olhamos para a constituição que temos à nossa frente, e só nos apetece ser violentos, mandar prender quem mentiu aos Portugueses como se estes fossem crianças, mas preferimos esperar, meditar, arquitectar, preparar a estratégia, mantermo-nos atentos, despertos, altivos, intrépidos, abnegados, conscientes de que haverá um outro país amanhá, nem que seja imposto pela força....

Sem comentários: