07 setembro 2012

Governo, mentiras e impostos...

Após o anúncio das novas medidas de austeridade pelo excelentíssimo senhor primeiro-ministro de Portugal, ficamos com a doce sensação do engano e da dissimulação do aumento de impostos.

Neste novo dia de luto nacional,  resta-nos contratar meia-dúzia de Drones, para construir um novo Portugal.

Como já dissemos em tempos, estamos prontos, preparados, determinados, diligentes, conscientes dos riscos, mas também conscientes da oportunidade que se abre com esta nova anunciação de impostos, de novo saque, de novas mentiras...

Retardar a revolta é consentir que o roubo institucional resulte em empobrecimento de quem trabalha.

Quem tiver coragem, que se junte a nós, quanto ao resto, trataremos com a delicadeza necessária a momentos históricos dignos de respeito pelas novas gerações...

Sem comentários: