24 novembro 2013

Querer

Depois do se passou com a manifestação das forças da autoridade, pensamos que está definitivamente dado o mote para que de uma vez por todas se mude de governo e se mude de regime, que tanto um como o outro já fedem, não porque cheirem mal, mas porque simplesmente já devem ser mudados...
Disse-vos no passado, que o Estado não tinha meios humanos e materiais que pudessem suster uma revolta contra o governo... afirmá-mo-lo de novo, porque considerámos urgente introduzir a justiça no seio do Estado, porque se for apenas para substituir este governo por um outro igual ou semelhante, não vale o esforço, o que significa, que a ser feita e imposta a mudança de governo e regime... tudo deve ser alterado, de modo a que nada permaneça como está...

Quando aparecerem os homens... digam-nos, porque será feita a mudança logo no dia seguinte, e sê-lo-á feita sem muito alarido, porque já nem isso é preciso... uma vez que este governo e este regime se encontram precisamente no fim de um ciclo...

Sem comentários: